#RIPTWITTER – Entenda o que pode mudar na rede social e os motivos de quem detestou fazer o teste.

images

Não se vocês, mas eu sou extremamente viciada no twitter. Já me segue por lá? Não? Vaí lá bater um papo comigo! Por lá sou apenas @mirelapaes ! Enfim, voltando ao assunto, sou extramente viciada. No Twitter é tudo objetivo, na hora, BAM! É uma ferramente simples para a gente se comunicar, o aplicativo não pesa tanto e não consome tanto 3G quando estamos na rua. Se tem algo que AMO é justamente acordar e me atualizar na timeline. Ler tudo o que o pessoal andou tweetando enquanto “estava fora” faz parte de minha rotina diária.

Se você segue pessoas X e Y, empresas Z e sites de noticias P e O, tudo que surgiu na sua timeline pode ser conferido em alguns minutos. Tudo o que a gente vê está em ordem cronológica. Agora imagine que isso simplesmente vai mudar e assim como o facebook os posts vão aparecer na sua timeline por popularidade e “na medida do que você curte.” Além de muito mais publicidade.  Sinceramente, quem me conhece sabe que venho usando cada vez mais o facebook, mas que eu não curto muito a rede social justamente por isso. Se sou amiga de pessoa X, gostaria de ver o que ela tem para compartilhar, mas nem sempre isso é possível. Quem nunca sentiu falta de um amigo X pela timeline? E quando foi ver estava lá, cheio de posts…

É exatamente isso que o twitter pode virar: um novo facebook. Inclusive por permitir que a gente faça tweets de textão. Ok que as vezes usar um tweetlonger é preciso, ou fazer vários tweets sobre o mesmo assunto, mas mesmo assim, o Twitter perder a essência e se igualar ao facebook. Totalmente. Em termos técnicos isso é chamado de alogaritma timeline. E por mais que o facebook disponibilize uma opção de você ver os posts mais recentes, ainda assim, você só vê o que é mais popular. Não é algo que dá para escapar de fato, o que é bem chato.

cebolinha-chora-mais

Se o Twitter realmente apostar nesse modelo vai perder boa parte de seus usuários frequentes e vai diminuir a quantidade de posts. Por outro lado, tende a ganhar novos usuários e resolver um de seus maiores problemas: o excesso de posts. Com muita gente tweetando com frequência o tempo todo, o Twitter vem enfrentando problemas com a conversão de posts em cliques – acredito que isso seja um problema com os clientes pagos, o retorno talvez não esteja sendo bom o suficiente.

Já reclamei, já lamentei e espero que ao menos o Twitter permita que a gente possa escolher entre a nova ou a antiga versão para usar. Além disso, que finalmente disponibilizem o tão desejado botão de editar. Agora é esperar. Com tanta gente recebendo a noticia de forma negativa, o CEO pareceu entender que fazer essa mudança seria algo muito arriscado. Espero de verdade que ele tenha compreendido isso e que o tal teste seja engavetado, mas em nenhum momento ele garante que a mudança realmente não vai acontecer. Ele só garante que não seria essa semana… ai, ai, ai…

dorsey

 ”Eu quero que todos saibam que nós estamos sempre ouvindo e não temos planos para reorganizar a timeline essa semana

#RipTwitter

#RipmIRC

#RipICQ

 

Mirela Paes

Escritora de final de semana. Viciada em livros, filmes e séries. No twitter só fala bobagem o dia todo e é completamente apaixonada por cachorros.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *