Relacionamentos Abusivos na Literatura – Jeu

Esse fenômenos na literatura tem realmente me incomodado, pois significa que estamos dando valor aos relacionamentos errados. Ninguém quer viver um relacionamento em que o cara te coloca pra baixo, te cobra o tempo inteiro e quer saber todos os seus passos. Somos livres para viver nossas vidas como bem decidimos e estar em um relacionamento nunca deve significar abrir mão dessa liberdade ou sentir medo o tempo inteiro.

Estar com alguém tem que trazer conforto, felicidade e companheirismo. Como disse Cazuza em “Todo Amor Que Houver Nessa Vida”: eu quero a sorte de um amor tranquilo. Nada quero temer o que ele vai achar se você falar com seu amigo de faculdade ou regular o que você veste e como você se porta.

Uma relação assim é tóxica e não deve ser cultivada. Dessa forma, vamos parar de super valorizar esses personagens masculinos que, só porque são ricos e lindos, a mulherada acha “ok” agir dessa forma. Os verdadeiros relationship goals na literatura devem ser casais que crescem juntos, que brigam, mas por coisas bobas, não porque ele te mandou tirar o batom vermelho ou deletar seus amigos das redes sociais. É assim que devem ser o relacionamentos, tanto na vida real quanto nos livros.

tumblr_nftatqHuXB1tcgbjto1_500

E vocês acham o que sobre esse assunto? Algum exemplo de relação abusiva que te tirou do sério ou um relacionamento na literatura que foi gostoso de ler?

Beijos