A importância do protagonismo feminino em Star Wars!

How-Rey-Brings-Balance-To-The-Star-Wars-Franchise

Pra quem acompanha o blog, já sabe: É óbvio que eu me animei com uma protagonista feminina em Star Wars. Mais que isso, estava animada com a possibilidade de ver diversidade no novo filme, mas sem expectativas.

Gosto bastante da trilogia antiga e sinceramente não curto, nem um pouco a trilogia mais recente. Episódio I se saiu divertido enquanto os episódios II e III para mim foram péssimas experiências. Para vocês terem noção, o Episódio II eu até hoje não consegui assistir. É tão tedioso que sempre acabo dormindo.

Mas assim como os episódios IV, V e VI, este ano, com o episódio VII tivemos um super filmão.

Tivemos um salto no tempo, fomos apresentados a novos cenários, mesmo que parecidos com os exibidos em filmes anteriores e tivemos, como comentei a cima e tanto torci, uma enorme diversidade de personagens. Do Stormtrooper negro que se liberta da ditadura branca, um vilão vítima de sua própria caricatura, ao droid mais expressivo que muitos atores por aí e, claro, uma protagonista feminina que não deixar de ser delicada, charmosa, e que sabe se virar. Que sabe lutar, e que de forma divertida lembra a todos: não sou uma mocinha em perigo, pode deixar, eu aguento. Pode deixar, sou também sou capaz.

star-wars-7-force-awakens-rey-bb8-poster

O filme consegue mesclar suspense, drama, comédia, romance e muita aventura sem cansar o espectador. Os diálogos são inteligentes, as tomadas as câmeras sempre efetivas e os personagens e atores sensacionais.

É possível se sentir nostálgico, mas ficar extremamente satisfeito e ver que o que foi criado no final dos anos 70 permanece em essência e tem tudo para expandir de boa.

Esse ano, como mulher, achei incrível ver tantos filmes incluindo boas personagens femininas. Dando voz a elas de fato. Gosto de Star Wars, lembro de passar noites e noites assistindo aos filmes com minha mãe, e apesar de achar a trilogia antiga sensacional, só agora me senti inserida naquele universo.

Talvez algumas pessoas não compreendam, mas uma personagens como a Rey dá a oportunidade de todas as fãs se sentirem representadas. Sejam fãs que assistiram o episódio IV no cinema ou as que só estão conhecendo Star Wars agora.

Saí imensamente feliz e emocionada, não só por ter visto um filme sensacional, mas por sentir que tive voz ali. Tive a Rey representando muito bem não só o que as meninas dessa geração precisam e procuram, mas representando o feminino como um  todo. Humana, delicada, forte, esforçada, filha, companheira, acolhedora, MULHER.

Isso, em absoluto não tem preço. Ver que agora, mais do que nunca as mulheres têm espaço e voz no fandom de Star Wars é algo incrível e que me emociona a ponto de me deixar sem palavras.


rey-finn-kylo-ren-star-wars-episode-7-force-awakens-characters

Agora, se você ainda não assistiu ao novo filme, por favor!!!! Corre, pois está sensacional!

XoXo

A nova nova heroína da Marvel é negra, nerd e tem… um tiranossauro ao seu lado.

Moon_Girl_feat

Ah Marvel, assim fica difícil não te amar! A nova aposta é uma heroína que nada mais é negra e nerd, além de pré adolescente e ter ao seu lado um Tiranoussauro vermelho.

moon-girl-and-devil-dinosaur-cover

 

Moon Girl and Devil Dinosaur será lançada ainda este ano – estima-se em novembro ou dezembro – nos EUA. Mais detalhes segundo a EW, Moon Girl conta as aventuras de uma pré adolescente ambiciosa, que planeja estudar em grandes instituições e tem DNA alienígena. De inicio ela vai se sentir deslocada por conta disso, mas alowww, ela tem um Tiranossauro ao seu lado para ajudar com que seu dia-dia seja ainda mais fantástico. Alguém duvida?

11243671_410883659111517_854433096_n

A justificativa sobre a publicação, segundo Natacha Bustos foi a seguinte:

“Um número maior de leitores está procurando por personagens com os quais eles podem se identificar. E, acima de tudo, [a Marvel tem] o objetivo de fazer com que qualquer leitor, seja lá qual for sua história ou estilo de vida, seja capaz de transcender suas própria identidades e se ver em um espelho de entretenimento por 20 ou 30 minutos, sem qualquer diferença”.

Legal, né? Fora que a publicação também vai ser uma otima pedida para os fãs mirins da Marvel que estão surgindo especialmente por conta dos filmes. Já estou louca para colocar as mãos em minha edição e ver se eles realmente vão acertar com essa nova heroína! E vocês? Empolgados?

moon-girl-and-devil-dinosaur-600x849

XoXo