Lançamentos Editora Valentina

9788558890021 Por um Triz

A escalada, incluídas todas as suas modalidades, é de longe o esporte que rendeu o maior número de livros em todo o mundo. Contam-se aos milhares os relatos publicados de viagens, expedições e escaladas avulsas, e há até prêmios específicos para este florescente gênero literário. No Brasil, a produção é ainda bem modesta, e quase toda centrada em expedições ao Everest ou a algumas poucas outras grandes montanhas geladas no exterior.

or um triz, no entanto, reúne uma impressionante coletânea de histórias vividas por um dos mais experientes escaladores do país nas suas montanhas domésticas, com belezas e dificuldades próprias que em nada ficam devendo, em termos de emoção, às vividas pelos escaladores de maciços rochosos mais famosos, embora sejam certamente diferentes em muitos aspectos. Assim, os relatos das famosas ascensões invernais aqui se veem substituídos por escaladas sob um calor debilitante, e a travessia de paredes instáveis de gelo e neve dá lugar a passagens igualmente precárias em vegetação. E há ainda, no caso do Rio de Janeiro, o maior centro de escaladas urbanas do mundo, situações tensas típicas (e, às vezes, bizarras) decorrentes de encontros na mata ou no acesso a elas com bandos de traficantes ou outros tipos portando uma arma em suas mãos.

É um livro, portanto, que deve agradar tanto a praticantes dedicados, que se identificarão com as situações nele descritas, quanto a leigos, que terão a chance de conhecer as peculiaridades de um esporte fascinante, que cresceu muito no Brasil nas últimas duas décadas.

QuandoFinalmente

Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, sendo o filho mais novo do diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e jovens? Nosso pequeno herói não conhece outra realidade – e até gosta muito da que conhece. O pai dirige uma instituição com mais de 1.200 pacientes, ausenta-se dentro da própria casa quando se senta em sua poltrona para ler. A mãe organiza o dia a dia, mas se queixa de seu papel. Os irmãos se dedicam com afinco a seus hobbies, mas para ele só reservam maldades. E ele próprio tem dificuldade com as letras e sempre é tomado por uma grande ira. Sente-se feliz quando cavalga pelo terreno da instituição sobre os ombros de um interno gigantesco, tocador de sinos.

Joachim Meyerhoff narra com afeto e graça a vida de uma família extraordinária em um lugar igualmente extraordinário. E a de um pai que, na teoria, é brilhante, mas falha na prática. Afinal, quem mais conseguiria, depois de se propor a intensificar a prática de exercícios físicos ao completar 40 anos, distender um ligamento e nunca mais tornar a calçar o caro par de tênis? Ou então, em meio à calmaria, ver-se em perigo no mar e ainda por cima derrubar o filho na água? O núcleo incandescente do romance é composto pela morte, pela perda do que já não pode ser recuperado, pela saudade que fica – e pela lembrança que, por sorte, produz histórias inconcebivelmente plenas, vivas e engraçadas.

xoxo

Top 5: Lançamentos Mais Esperados para o Resto de 2015

Baseado no grupo do GoodReads chamado “Top 5 Wednesday” (que toda quarta tem um tema para você listar seu 5 favoritos), resolvi listar os 5 livros que serão lançados ainda esse ano e que estou ansiosa para ler.

A lista está de acordo com data de lançamento, da mais próxima até a que levará mais tempo para sair

A Garota no Trem – Paula Hawkins (07/08)

A_GAROTA_NO_TREM_1434566443456816SK1434566443B

Eu já tinha lido resenhas das gringas e o livro foi bem recebido lá fora, além de já ter a adaptação para o cinema confirmada e com Emily Blunt no papel principal.

“Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres (Inglaterra). O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas.

Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason -, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.

Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.”

Thriller do jeito que a gente ama <3

O Lado Feio do Amor – Colleen Hoover (19/08)

8fc63018-3363-4661-9273-1dd558c0e5de

Eu já li a versão em inglês (Ugly Love), mas eu amei tanto esse livro que to doida para conferir como ficou a tradução. Não tem como não se apaixonar pelo Miles nessa história.

“Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.”

Prepara o lencinho que esse é pra chorar.

A Garota na Teia de Aranha (Millenium vol. 4) – David Lagercrantz (28/08)

122973193_1GG

O 4º volume da série Millenium vem com um “a mais” para me deixar ansiosa: a série será escrita por outro autor, já que Stieg Larsson (criador da trilogia) morreu em 2004. Depois de muita briga na justiça, vamos finalmente saber o que acontece com Lisbeth e Mikael nessa história que terá elementos dos três primeiros livros, mas com um novo toque.

“Lisbeth Salander e Mikael Blomkvist estão de volta na aguardada e eletrizante continuação da série Millennium. Neste thriller explosivo, a genial hacker Lisbeth Salander e o jornalista Mikael Blomkvist precisam juntar forças para enfrentar uma nova e terrível ameaça. É tarde da noite e Blomkvist recebe o telefonema de uma fonte confiável, dizendo que tem informações vitais aos Estados Unidos. A fonte está em contato com uma jovem e brilhante hacker – uma hacker parecida com alguém que Blomkvist conhece. As implicações são assombrosas. Blomkvist, que precisa desesperadamente de um furo para a revista Millennium, pede ajuda a Lisbeth. Ela, como sempre, tem objetivos próprios.”

Espero que Lisbeth continue foda como só ela sabe fazer.

Tempestade de Sangue – Kel Costa (Setembro)

1493508_420101551519310_6919343312344483266_o

 

Que a gente ama a Kel <3 isso não é novidade. E que estamos nos rasgando de ansiedade para saber o que vai acontecer com a Sasha e os Mestres, já nos preparando para sofrer e dar risada como só a Kel consegue com suas histórias.

Ela até liberou um trecho no Facebook:

“— Acenderei as tochas para você. Siga sempre as tochas. Pegue seus pais, volte para o bosque e vá para a Morada.
— Ok. — Enxuguei o meu rosto à toa, já que a chuva continuava forte.
Meus olhos começaram a arder e senti o choro querendo chegar. Abri a boca para espantar as lágrimas, pois tudo o que eu não precisava naquele momento era me sentir fraca.

Mikhail me encarou, me avaliando. Provavelmente decidindo se me trancava na Morada ou não. Ele que não ousasse! Eu fugiria de qualquer forma!

— Eu consigo, Misha. Eu consigo!

Ele assentiu e passou o braço em volta da minha cintura. Nós saltamos, ou melhor, ele saltou e eu me segurei nele. O vento fez com que o manto negro que eu vestia levantasse como um balão me envolvendo. Assim que tocamos o chão, eu me livrei daquela peça de roupa, pois era grande demais e me atrapalharia. Tirei também o casaco de Blake. Quanto menos peso, melhor. A chuva já me prejudicava bastante.

Eu me encolhi em seus braços enquanto passávamos pelas ruas. Fomos atacados por dois centauros e ele precisou me soltar para pegar suas adagas. Conseguiu cravar as duas nas gargantas dos dois mitológicos e quando as retirou, virou o cabo de uma delas na minha direção.

— Você já sabe como usar. Leve-a com você.

O sangue escorria pela lâmina, mas peguei mesmo assim e a limpei na minha roupa. Misha pareceu aprovar o gesto, pois deu um sorrisinho orgulhoso.”

Saudades Mikhail <3

Confissões On-line 2 – Iris Figueiredo (Setembro)

download

Coloquei a capa do 1º porque a continuação ainda não teve a capa libera. Quem viu o vídeo-resenha que fiz sobre Confissões On-line 1 sabe como eu amei o livro e quero saber o que irá acontecer. Já estou aguardando ansiosa para acompanhar as novas aventuras da Mari (dessa vez em terras gringas) e para encontrar a fofa da Iris Figueiredo novamente para autografar meus livros.

Quais livros vocês estão ansiosos para conferir ainda esse ano? Lembrando que tem Bienal do Livro no Rio de Janeiro em Setembro e muitas novidades serão lançadas no evento.

Beijos 🙂