[RESENHA] O RETRATO DA CONDESSA, M. S. FAYES

11813328_485084491664974_6896467871741994340_n

 

ISBN: 9788568839072

Ano: 2015

Páginas: 166

Língua: Português

Editora: Qualis

Preço Médio: 20,00

Sinopse: Num encontro casual, Laura e Vincent veem suas vidas mudarem drasticamente. Passado e futuro se juntam de maneira espetacular, em um amor atemporal. Quando Laura viajou com suas amigas para um hotel charmoso em Londres, não esperava se deparar com um homem elegante e de porte aristocrático em seu quarto. Se Vicent Kildare, Conde de Lilwith, conseguisse usar apenas uma palavra para descrever os eventos que vivenciou, certamente seria “inacreditável”. Dois Mundos diferentes, que colidem e resultam num amor que nem mesmo o tempo pode apagar. 

Esse é o primeiro livro de romance de época brasileiro que eu leio na vida, não sei por que mas sempre sou um pé atras com livros brasileiros (deve ser trauma do tempo de escola).

O livro fala sobre o Conde Kildare que vai a uma festa na casa de um amigo e por está indisposto vai descansar num dos quartos e durante a ida para o quarto ele ajeita o quadro de uma moça que estava torto, quando ele entra no quarto ele vai parar num tempo totalmente diferente e avançado. Nesse mundo tão avançado ele conhece Laura que é a garota que mostra como o mundo mudou muito durante os anos, durante esse processo de descoberta das maravilhas do ano de 2014 eles também irão procurar uma forma de fazer o conde voltar para o seu tempo e até que isso aconteça eles se envolvem de todas as formas.

Depois que o conde volta para o seu tempo a Laura não suporta mais viver sem o conde e acaba indo parar no tempo dele e aceita viver sem tecnologia, luz elétrica e roupas confortáveis só para poder ficar com o conde e durante o processo de adaptação da Laura vão acontecer várias aventuras e loucuras na vida dela.

Os capítulos são curtinhos e é uma leitura que flui com facilidade. É um livro que eu consideraria uma comédia romântica de época. Achei que poderia ter sido um pouco melhor em relação a os personagens principais, o desenvolvimento deles no começo foi muito rápido e quando você menos espera muita coisa já aconteceu e nem chegou na metade do livro. A linguagem do livro poderia ser menos espontânea por ser de época, o fato dos personagens do ano de 1817 aceitarem o comportamento e certas linguagens da personagem de 2014 tão bem me fez perceber que a autora pode ter as vezes esquecido que a personagem principal não estava mais em 2014.

Pra quem quer uma leitura descontraída para um domingo preguiçoso, essa pode ser uma boa escolha.

Bye

[RESENHA] Em um instante… tudo pode mudar – LM Gomes

Livro - Em um instante tudo pode mudar - LM Gomes.jpg (Qualis)

ISBN: B00SKFE3RI

Ano: 2015

Páginas: 202

Língua: Português

Editora: Qualis

Preço Médio: 20,00

Sinopse: Monique não tinha do que reclamar, sua vida era exatamente aquilo que sempre sonhou. Aos 23 anos, prestes a concluir a tão sonhada faculdade, seu namorado era um príncipe, tinha amigos incríveis e era dona do seu destino. Até que viu sua vida nas mãos de um estranho.

Rafael era um cara normal, com sua vida planejada e previsível. Batalhador, pediatra e sonhador, aos 28 anos, acreditava ter seu destino traçado. Mas quem era ele para subestimar o quanto o mundo pode girar?
Eles passavam naquele momento, naquele lugar.

Um instante é o suficiente para que tudo possa mudar.

Fofo e super romântico, “Em um instânte… tudo pode mudar.” da LM Gomes é o livro perfeito para aquelas que procuram um romance leve e doce, mas também um tanto apimentado. Tudo na medida certa.

Muita gente conversa comigo e fica perdida no que ler sem que seja necessariamente erótico. Mais pra frente eu prometo que faço um vídeo me explicando melhor, mas vale lembrar que nem todo romance que tem cenas de sexo é erótico. Ou até mesmo o torna um famoso livro da categoria HOT.

Como disse, isso é assunto para outro momento.

A questão é que esse livro é um romance bem equilibrado que mostra uma relação amorosa entre dois adultos. Pra mim é muito mais um romance e é tão levinho, tão gosto, que na boa? Indicaria de boa para muitas leitoras dos 16-17 anos que convenhamos né? Se brincar andam lendo muita coisa pesada por aí.

A LM Gomes consegue fazer um trabalho muito bacana com seus personagens principais. Pensa num casal lindo. Daqueles que independente do que esteja acontecendo ao redor, você fica querendo colocar num potinho para garantir que tudo vai ficar bem com eles.

E já preparo vocês para o inevitável. O Rafa é um maravilhoso. Um perfeito candidato para se tornar mais um de seus namorados literários. E foi inspirado em ninguém menos que…

8c9ki7tzt4_1qza8r576v_file

Respirou fundo? Heehehhe. Vamos continuar!

A mensagem do livro também é bem bacana, afinal, assim como no título, em um instante, tudo em nossa vida pode mudar. E as vezes a nossa vida está tão programada, tão quadradinha que a gente nem percebe que nesse mundo louco que vivemos, ficamos expostos para que qualquer coisa aconteça, para que a qualquer momento a gente evolua, aprenda mais…

A Monique tem uma vida feliz. Está na faculdade e em um curso que sempre desejou, tem um relacionamento lindo, é próxima de sua família… Ela tem uma vida muito boa, mas ao mesmo tempo parece muito certinha demais, muito programada demais. O Rafael é mais velho, deu duro para chegar onde está e também vive um bom relacionamento que está um tanto balançado por conta da distancia.
É em um momento infeliz que os dois vão se conhecer. Durante um assalto, a Monique é feita refém, e o Rafael, que também estava no local, acaba sendo seu maior ponto de equilíbrio. E uma troca de olhares basta para que os dois entendam como a vida sempre pode surpreender.

Como disse, é um livro fofo. Os dois são adultos, mas respeitam os relacionamentos que tem, mesmo sabendo da obvia atração que existe. A obvia ligação deles é muito forte, mas não se engane. Esse amor vai sendo descoberto e sendo construído de forma saudável. Eles estavam em relacionamentos quando se conheceram, então obviamente, espere uma boa carga de drama durante o livro. Perrengues acontecem, mas quando estamos fazendo algo da maneira correta, por mais que role um sofrimento no meio do caminho, a gente desde o inicio torce e não se desaponta com os dois podendo curtir esse amor tão lindo. Como comentei logo no inicio da resenha, estamos falando de um relacionamento amoroso muito forte e apesar do foco do livro não ser o erótico, ele tem cenas de tirar o fôlego. É apimentado na medida certa.

Conheci a LM lá na Bienal do Rio e ela vem para a Bienal de PE! Quem tiver a oportunidade de ir, não deixe de bater um papinho com ela que assim como seu livro é uma fofa!

A capa do livro é linda! Não gosto muito de capas com pessoas, vocês já sabem que se eu gostei é pq realmente me conquistou e a diagramação, como a da maioria dos livros da Qualis é simples, limpa, como gosto.

Aproveitando: A Qualis vai estar com estande oficial durante a Bienal do Livro de Pernambuco. Confira a programação nesse post.

XoXo

RESENHA Para Amar e Proteger – Minha Pequena Grande Mulher de Simone Fraga

para-amar-e-proteger-413x620

ISBN: n/a

Ano: 2013

Páginas: 320

Língua: Português

Editora: Qualis

Preço médio: R$ 22,00

Sinopse – Minha pequena, grande mulher – Para amar e proteger – Simone Fraga
Nem mesmo uma infância sofrida, cheia de abusos impediu que Júlia se tornasse uma mulher forte e independente, a frente dos negócios da família. Mas, o passado retorna e traz com ele a melhor e a pior parte de sua história… Lucas sempre protegeu a amiga de infância e por ela se apaixonou em segredo, um sentimento que só fez crescer durante todos esses anos, e nem mesmo a distância a fez diminuir. Quando o maior pesadelo de Júlia retorna, ele fará de tudo para mantê-la a salvo, de preferência ao seu lado e na sua cama. Mas será que Júlia estará preparada para se entregar a um novo Lucas, que tem desejos e preferências que podem assustá-la? O amor, a confiança, o respeito e proteção, sentimentos que envolvem essa relação, serão fortes o suficiente para resistir e vencer o passado, e a violência que ela ainda terá que enfrentar?

Assista ao book trailer:

O que me surpreendeu de fato ao longo da leitura foi a mistura de gêneros. A capa e a diagramação remetem a romance, romance hot.
Quem me conhece sabe que não curto muito spoiler, então li apenas com minhas primeiras impressões sobre o livro e qualquer expectativa foi superada.

Romance, família, companheirismo, cenas quentes e ação fazem parte da história do Lucas e da Júlia. De cara o que fez com que eu gostasse da personagem é que apesar de ter um passado trágico, ela não se abala por isso. Adorei que ela tenha crescido e mesmo com marcas tão profundas, tenha se tornado uma mulher forte.

Nada de mocinha fragilizada e traumatizada por conta de seu passado. Júlia tem atitude. E eu amei isso!

Ela e Lucas já se conhecem, mas não se falam tem muitos anos. Como uma empresária bem sucedida e recebendo ameaças, seu tio resolve contratar um segurança. Lucas, que nunca a esqueceu assume o compromisso sem pensar duas vezes. Ele também é bem sucedido e conhece a história dela, o que acaba facilitando o seu trabalho.

A atração que sentem um pelo outro é forte. Mais do que uma simples atração, mas mesmo que os dois estejam com medo de dar um passo a frente para não estragar a relação que já existe, Simone mantem a estrutura da história de forma que cada coisa acontece em sua devida hora. Nem é algo apressado, nem é algo que demora demais para acontecer. A relação deles é bem construída e as provocações deliciosas!

Como passaram 15 anos sem se ver, muita coisa aconteceu. Mesmo estando dispostos a começar um relacionamento amoroso, Lucas tem algumas duvidas sobre como Julia vai reagir a notícia de que ele tem uma filhinha. Vale dizer que a filha dele é uma figurinha e rouba a cena. A autora soube trabalhar bem a interação da criança com o casal sem que ficasse mecânico. E foi outra surpresa positiva pra mim. Não esperava tanto conteúdo e que a história tivesse tantos personagens com funções dentro da história. Você se sente fazendo parte da história, como se estivesse acompanhando bem de pertinho. E se apega a pequena com facilidade.

” É nesse momento pequena, que você é minha, quando através de mim, das minhas mãos da minha boca, da minha voz, do meu corpo e do meu sexo você se entrega a mim em confiança total, para que eu faça o que quiser com você, sabendo que eu só vou te dar o melhor de mim, e nunca vou te tirar nada, vou te amar e te venerar como se fosse a primeira vez todas as vezes que estivermos conectados.”

Outra coisa que me cativou foi o cuidado do Lucas com a Julia. Inclusive nas cenas mais quentes. Ele é um dominador, mas a conhecendo bem, não testa seus limites. As cenas são bem descritas, mas suaves. Imagino que mesmo que não curte muito romance com cenas quentes vai se agradar. A química dos dois é muito boa. Tudo flui com naturalidade.

A história toda me prendeu bastante e me supreendeu. Já disse e vale repetir. Ainda estou sentindo o gostinho de quero mais e sei que a autora já publicou um volume extra sobre os dois e também tem mais livros da série para escrever.

A diagramação do livro tem pontos fortes e pontos muito fracos. É bem adornado, mas eu sinceramente não curti a formatação do texto. Quanto mais venho aprendendo sobre tipos de papel para impressão e diagramação, confesso que com mais “TOC” eu venho ficando. Sei que tem quem não se importe com esse detalhe, mas para mim é algo fundamental para ter um bom momento de leitura.

Pontos fortes da diagramação do livro: Detalhado e ilustrado. Adorei o detalhe no inicio de cada capítulo e os detalhes ao longo das passagens do mesmo. Pontos fracos da diagramação: Espaçamento. E a edição do texto, em conjunto, me deixou um pouco confusa na questão do uso das aspas. Demorei a me adaptar com a formatação e por isso demorei a ler o livro. Louca para saber mais sobre o que aconteceria, me vi parando por me sentir cansada. Talvez outra coisa que tenha feito estranhar a formatação é o fato de ler muito em inglês, onde os diálogos são entre “” enquanto que aqui no Brasil a gente usa o travessão.

Na formatação nacional acaba que estou mais acostumada com o uso do itálico em alguns momentos em que no livro via o uso das aspas. Sei que para boa parte das pessoas isso pode não influenciar em nada, mas para quem acompanha minhas resenhas e vídeos sabe como sempre levo esse ponto em conta. Neste caso especialmente, pois eu estava louca para continuar a ler, mas demorei para me adaptar e me sentia cansada rapidinha.

Estou bem curiosa para ler a continuação e para ler os próximos livros. Gostei da escrita da Simone, curti a narrativa tranquila e objetiva. Próxima parada? Ler “Para Sempre minha pequena” e curtir o merecido casamento de Lucas e Júlia.

XoXo