[CRÍTICA] Minha Mãe é uma Peça 2

minha_mae4

Confesso que fui assistir Minha Mãe é uma Peça 2 com muitas expectativas de que seria bom e foi mais do que eu imaginei. Diria que foi melhor do que o primeiro.

O que me fez amar ainda mais o filme foi que ele me fez refletir o que uma mãe sente quando um filho começa a uma necessidade de ser independente Alguns momentos excessivos que Dona Hermínia tem com os filhos eu me identificar porque eu vejo um pouco disso Na minha casa e finalmente pude ver (ou não kkk) que é apenas uma mãe mãe. Nós chegamos na aborrecença, e / ou começamos a vida adulta queremos ser independentes, ser livre mesmo ainda morando com os pais. Mas nem sempre é assim tão bom quanto esse “dramas” que como mães são só preocupação de mãe.

Mãe acha que seu filho nunca vai crescer, que vai ser seu passarinho para sempre, mas quando ver o seu passarinho criou assas e quer voar. Precisamos de limpar e proteger como se fossem passarinhos bebês. As vezes é exagerado e excessivo? É Mas é uma única forma delas demonstram o quanto nós amamos e só queremos o nosso bem. E o filme retratou muito bem isso com muito amor, humor, alegria e lágrimas. Com certeza será o primeiro a fazer a minha lista de melhor filme de 2016 (sim, ganhando de Rogue One.)

O filme estreia dia 22 de dezembro de 2016, é dirigido por César Rodrigues