[Resenha] Tocando as Estrelas – Rebecca Serle

tocando-as-estrelas_capa_1.png.1000x1353_q85_crop

 

ISBN: 9788581637334

Ano: 2015

Páginas: 224

Língua: Português

Editora: Novo Conceito

Preço Médio: R$ 27,90

Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagens no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

Todo mundo tem curiosidade para saber como funcionam os bastidores de um filme. Ainda mais quando o filme é baseado em uma trilogia super famosa, um dos mais aguardados do ano. Quando Paige decide participar das audições para o papel principal no primeiro filme da trilogia Locked, ela não imaginou que sua vida fosse mudar tão bruscamente ao ganhar o tal papel e que ela fosse entender como realmente funcionava por trás das câmeras.

Paige sempre sonhou em ser atriz e famosa, participando das peças da escola, alguns comerciais em sua cidade (Portland) e produções locais. Ela tinha sonhos grandes e corria atrás disposta a fazer o que fosse possível para alcança-los, vendo essa chance com a tal audiência para interpretar August e fazer parte da adaptação da série favorita de sua melhor amiga Cassandra.

Mas a parte difícil nem foi conseguir o papel: foi realmente se tornar August e ver sua vida dar um giro de 360º da noite para o dia. Paige (ou PG como passam a chama-la) precisa passar alguns meses em Maui, no Havaí, gravando o filme já que o livro se passa em uma ilha. Até aí tudo bem, afinal, quem não quer morar no Havaí por um tempo? E só fica melhor, porque seu colega de trabalho é Rainer Denvor, o ator teen mais sexy da atualidade e um fofo. Rainer ajuda Paige em todas as cenas que fazem juntos e com toda a pressão que o diretor coloca para ela ser melhor sempre, sabendo que aquela é a primeira vez de PG em um set de filme. Uma amizade que cresce cada dia mais e logo deixa Paige meio em dúvida sobre o que ela está sentindo. Ela estaria interessada por Rainer ou estaria confundindo a simpatia dele com outra coisa? Normal de adolescente…

Para completar, o outro ator que irá fazer parte o triângulo amoroso do filme é o inimigo número 1 de Rainer: Jordan Wilder. Os dois tem uma treta do passado envolvendo a ex-namorada de Rainer e Jordan parece sentir prazer em provocar o inimigo, essa disputa ganhando um incentivo quando ele percebe o interesse de Rainer por Paige. Então Paige se ver entre o astro teen lindo e fofo (Rainer) e o bad boy sexy (Jordan), além de toda a preocupação por ela não se sentir preparada para levar August para as telas e lidar com o que virá depois que o filme for lançado.

É uma história jovem-adulto bem bonitinha e simples. Eu adorei o background do livro por falar de um assunto que eu acompanho bastante, que são as franquias para cinema de livros super aclamados. Passei a leitura toda imaginando que era Crepúsculo e eu estava vendo o relacionamento de Kristen e Rob nascendo, sabe? E por mais cliché que a história se desenvolva e você imagine com quem ela vai ficar no final (o que não é necessariamente quem eu shippei o livro todo), tem sua graça. Não é um livro para você tirar uma lição de vida e passar dias pensando sobre tema, mas para ler durante as férias e passar o tempo de forma divertida.

A autora escreve de modo simples e sem muitos rodeios e criou personagens que você consegue se apegar na medida certa. Paige não tem frescura como muitas mocinhas de YA, o que foi um ponto super positivo pra mim. Eu realmente entendi todas as suas dúvidas e como ela se sentia perdida naquele novo mundo. E os mocinhos da história mostraram um pouco como os atores jovens lidam com a fama muito cedo, como as imagens que eles passam podem não se exatamente suas verdadeiras personalidades off-cam.

E sabendo que a continuação irá sair agora no segundo semestre nos EUA, fiquei ainda mais curiosa para saber como esse triângulo amoroso irá lidar com a fama e as consequências dela.

Se interessaram por Tocando as Estrelas?

Beijos 🙂

Jéssica Guanabara

Faz doces por profissão, ama Oreo demais para uma pessoa normal e vive 24 horas com o celular na mão. No Twitter tá sempre reclamando de alguma coisa. Lê, escreve, assiste e nesse meio tempo recebe lambidas de Bernard, o dachshund mais bagunceiro do mundo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *