Coleção Barbie para O Boticário.



image-2

Tá aí sofrendo né? Pois é! Eu também! Chega junto!

Já estou me imaginando dentro da loja testando todas as cores. Os batons, obvio são o forte. São 7 cores de acabamento matte, mas que prometem hidratar seus lábios e tem proteção solar. Já os esmaltes também são 7 cores super lindas e fáceis de usar no dia-dia! A linha foi toda pensada e criada em cima de uma Barbie fashionista e moderninha. Eles acertaram em cheio né? E além dos batons, dos esmaltes, a coleção também conta com um perfume de nome Barbie Edition, que tem notas de musk, rosas e jasmin. Se tem Jasmin no meio, tem 50% de me atrair! ô tiro!!! O valor dos itens da coleção variam entre 17,99 e 121,00!


maquiagem-barbie-o-boticario-001

 

[resenha] mentira perfeita, carina rissi

MENTIRA-PERFEITA

Ano: 2016
Páginas: 462
Língua: Português
Editora: Verus
Preço Médio: 29,90

Sinopse: Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente… Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

 

Já vou começar pelos dois defeitos do livro: 1 a letra dele é muito pequena. 2 você vai ler ele rapidinho! E aí ele vai acabar e como tudo da Carina, você vai ficar chupando dedo e querendo muito mais. Como lidar?

Deixa eu contar uma coisa pra vocês: Eu não li procura-se um marido. E fiquei bem feliz de saber que Mentira perfeita podia ser lido mesmo assim. Acredito que para quem leu, talvez sinta diferença. Quem não leu, com toda certeza está como eu: doida pra ler.

Júlia e Marcus estão fingindo ter um relacionamento para se safar de eventuais problemas. E cara, para quem ama muito os avós, tem uma relação de apego com eles, ou com outro parente mais velho, com toda certeza vai se identificar com a Júlia. Tá certo que no caso da Júlia é a tia, mas quanto mais eu ia me envolvendo com a leitura, mais eu meio que me via ali. Naquela situação. E me lembrava das alegrias que surgiam quando meu casamento ocupava boa parte das pautas da minha avó hahaha. Sim, isso mesmo. A Júlia resolve dizer para a tia que tem um noivo e ela prontamente já está arrumando a mesa de docinhos. O Marcus, que também entra nessa para se livrar dos próprios problemas, vê em Júlia uma oportunidade de também ter autonomia. Ele é cadeirante e obviamente sua família tem muito cuidado com ele. Juntos eles vão formar um casal inusitado, mas cara, funciona tão bem. O que de inicio é só um escape, ao longo do livro vai se tornando algo tão lindo!

O amor está por toda parte do livro: amor de família, amor de casal, amor de amigos. A Carina não deixou a desejar mais uma vez, escrevendo um livro super emocionante e muito, muito divertido. Obviamente não vamos dar spoilers, mas como já era de se esperar, a mentira desse casal é perfeita! Mesmo que a perfeição que eles imaginavam que alcançariam fosse outra.

Meu Mentira Perfeita já está devidamente separado para a pilha de – livros que preciso pegar meu autografo na bienal. hehehe

XoXo

[resenha] obstinada, sylvia day

obstinada

Ano: 2014
Páginas: 296
Língua: Português
Editora: Universo dos livros
Preço Médio: 29,90

Sinopse: Londres, 1770. Debaixo de toda a seda e renda da sociedade londrina se encontra uma organização secreta de espiões de elite. Proteger a Coroa de seus inimigos é uma tarefa árdua, mas, para Marcus Ashford, proteger seu coração de uma obstinada paixão é um perigo ainda maior.

Como agente da Coroa, Marcus Ashford, o Conde de Westfield, já enfrentou inúmeros duelos de espada, foi atingido por dois tiros e se esquivou de mais disparos de canhão do que poderia contar. Porém, nada o excita mais do que o primitivo apetite sexual de sua ex-noiva, Elizabeth. Anos atrás, ela o preteriu pelo charmoso Lorde Hawthorne. Mas agora, Marcus deve defender a elegante viúva, e o fará ao mesmo tempo em que cuida de suas outras, mais carnais, necessidades, mostrando a ela até onde vai o real desejo de um homem.

Toda vez que eu leio um livro da Sylvia Day que não seja da série Crossfire eu me pergunto: pq Deus? Pq ela consegue me fisgar com tanta facilidade em seus outros livros.

Em Obstinada não foi diferente. E sin, claro, vamos papear: o livro é quente demais! Como tudo o que ela escreve, né?

Apesar de muito quente, o romance é bastante água com açucar. Não é um problema. De vez em quando um livro bobinho caí super bem! Super bem mesmo! Tanto é que em uma tarde devorei o livro inteiro.

Elizabeth e Marcus eram apaixonados um pelo outro, pretendiam ficar juntos para sempre, mas acabaram caindo em uma armadilha do destido. Elizabeth então, resolve proteger seu amor e aceita se casar com outro. Anos depois, o reencontro dela com Marcus, que vai abalar com suas estruturas, também vai ser complicado. Ele está amargurado. E agora? quais as alternativas de nossa mocinha para conquistar esse mocinho co o coração tão abalado?

Pra quem curte um romance despretencioso e cheio de cenas quentes, sem duvida alguma Obstinada da Sylvia Day é para vc.

Ps: preciso ler mais livros dela! E na tematica de época, urgente kkkk

XoXo

[RESENHA] AMOR INFINITO, J.M ALVAREZ

download (1)

Ano: 2015
Páginas: 296
Língua: Português
Editora: Tribo das letras
Preço Médio: 29,90

Sinopse: Um romance que durará por três épocas distintas. Um homem dividido entre dois grandes amores. Um grande segredo escondido pelo tempo e que só será revelado no passado.

Num pen drive, encontrado escondido dentro de uma joia, é descoberto um diário, que nos revelará uma misteriosa história de amor.

Em 2060, Germano é um jornalista que vive no Rio de Janeiro. Ele acreditava ter encontrado a mulher de sua vida, Elisabeth, mas uma forte ligação, muito além de sua compreensão, o aproximou de maneira inexplicável de outra mulher, Bárbara, também sua grande amiga. O coração de Germano balançará, entre duas mulheres, pelas quais ele tem sentimentos tão intensos e conflitantes. A força misteriosa que tanto atrai Germano e Bárbara poderá fazer com que ele esqueça Elisabeth, seu grande amor. O sentimento desconcertante que esta mulher desperta em Germano é um perigo contra o qual Elisabeth terá que lutar se quiser que ele cumpra a promessa de ser o homem de sua vida.

Por isso, precisamos voltar ao passado para descobrir o que aconteceu antes, e que agora influencia tanto as vidas destes três personagens. Lá encontraremos as respostas para o que acontece com eles em 2060. E desvendaremos o mistério que é capaz de influenciar suas vidas tantos anos depois.

Revelado o segredo, você saberá por que este é um AMOR INFINITO.

Amor Infinito é realmente um bom título para a obra de J.M Alvarez.

O Livro inicia sua história no ano de 2327 e logo somos apresentados ao casal que resolve ivestigar sobre uma joia da familia. Nesta joia está um pendrive, que na realidade deles é um dispositivo que já não é mais usado tem muito tempo. O pendrive, quando lido, dá ao casal o vislumbre da vida dos parentes de Yara. E é assim que somos levados para o ano de 2060 e conhecemos a história do jornalista Germano, que esteve envolvido com duas mulheres completamente diferentes, mas que conseguem completá-lo. Cada uma de uma forma distinta.

Não se engane, pois a história não para por aí. O livro dá mais uma volta no tempo e apresenta também, fatos de 1870.

Eu sei, eu sei. Parece confuso. Ou, lendo essa resenha você talvez pense que este é um romance espírita, mas não é. Alvarez consegue trazes os elementos de diferentes épocas, mas por escrever de maneira simples e bastante clara, consegue incorporar os elementos de um romance contemporaneo, fazendo com que você não se sinta distante dos personagens independente de época. Confesso que de primeira achei um pouco confuso, mas assim que assimilei tudo, a leitura foi bastante prazerosa. O livro é bastante romantico, tem cenas sensuais e excelentes referencias musicais. A criação de cenas do autor é o ponto alto do livro e o arco dos personagens fecha muito bem. Para os românticos de plantão, é uma excelente pedida, ainda mais com o dia dos namorados chegando por aí.

O amor é o grande protagonista dessa história, em diversas formas. E justamente por isso me tocou.

A leitura só não fluiu com mais facilidade por conta da diagramação do livro. Em alguns momentos, soa confusa pois faz uso de diversas fontes diferentes. E a cada inicio de capítulo, uma imagem é usada de fundo, o que dificulta um pouco mais a leitura. De qualquer forma, mesmo com estes detalhes que me incomodaram, a leitura foi uma surpresa agradavel, uma vez que este foi o meu primeiro contato com o autor. Fico aguardando novas e romanticas histórias, bem trabalhadas e com personagens tão ricos quanto desse livro.

XoXo

[resenha] encrenca, non pratt

91R7LLnMwTL

Ano: 2016
Páginas: 307
Língua: Português
Editora: Verus
Preço Médio: 29,90

Sinopse: Quando o colégio inteiro descobre que Hannah Sheppard está grávida, ela tem um verdadeiro colapso. E quem está ao seu lado é Aaron Tyler, um aluno novo e o único garoto que não parece ter segundas intenções em relação a ela. Desejando compensar seus erros do passado, Aaron toma uma difícil decisão: ele se oferece para fingir ser o pai do bebê. E, temendo revelar quem é o verdadeiro pai, Hannah aceita.
Encrenca é a história de dois jovens que estendem a mão um para o outro quando todas as demais pessoas parecem lhes dar as costas. Em um período marcado por perdas, arrependimentos e esperança, os dois vão descobrir que nada se compara a encontrar o seu primeiro melhor amigo de verdade.
Este livro inteligente, por vezes comovente, por vezes engraçado, mostra que crescer pode ser complicado, mas é assim que se descobre o que realmente importa na vida
Encrenca é o livro que caiu super bem. Quando vi que ele estava disponivel para solicitação, não pensei duas vezes depois de ler a sinopse: é algo bem leve e divertido como venho precisando!

Só quem passou pela adolescencia vai rir ainda mais com esse livro. Não que ele seja de fato um livro humoristico, mas é muito interessante como Non Pratt trabalha com sinceridade seus personagens. E ser adolescente não é facil. Não, não é apenas um drama não. É complicado mesmo. Passamos por diversas situações cheios de intensidade e meu jesus cristinho, como a gente costuma se lascar pra valer, justamente por isso.

É com essa honestidade que vamos conhecer a Hannah e o Aron. A Hannah é a abelha rainha. Aos 15 anos é mega popular, tem amigos, vive em festas até que descobre que está grávida. Uma criança mimada e um tanto birrenta vai colocar outra no mundo. O pior é que, além de estar grávida tão nova, ela não pode dizer quem é o pai e vai perder todos ao seu redor. Bem… não todos. O ponto alto do livro é o amadurecimento da Hannah, sem duvida nenhuma. E, enquanto a gente acompanha o amadurecimento da Hannah, a história também vai amadurecendo. É como se a história fosse mesmo um adolescente. Começa um tanto clichê, um tanto boba, mas vai amadurecendo, se tornando mais palpavel e menos comica. O Aron, por mais fofo que seja, não me cativou. 🙁

Sem duvidas é uma leitura para um momento de preguiça, um domingão. Uma leitura divertida como previsto, que me salvou de um tedioso dia de chuva.

XoXo

[RESENHA] OS PRIMEIROS CONTOS DE TRUMAN CAPOTE

download

Ano: 2016
Páginas: 160
Língua: Português
Editora: José Olympio
Preço Médio: 25,00

Sinopse: Reunião de contos inéditos, descobertos em 2013, na Biblioteca Pública de Nova York. Textos curtos e fortes, que já demonstram o talento para narrar histórias e a capacidade de empatia do autor, que se tornaria um dos mais importantes escritores do século XX com os emblemáticos Bonequinha de luxo e A sangue frio. Se os contos encontrados neste livro pudessem ser lidos como cinema, nos remeteriam aos filmes de Lucrecia Martel: as cenas são cotidianas e quase banais, mas ao entrar nas histórias, a sensação é de uma constante tensão. A atenção ao detalhe pareceria sem importância se não fosse um dos motores para sentirmos uma catástrofe iminente, que pode ser desencadeada a qualquer momento ou até não acontecer. De todo modo, ficamos muito próximos dos personagens e nos identificamos com eles, como se o autor tocasse na vida sem tentar explicá-la.

Capote é o autor de alguns dos meus cotos favoritos e também de um dos melhores livros que já li na vida, o A sangue frio.

Não pensei duas vezes quando vi que ele estava disponivel para solicitação. Para quem conhece o clássico filme Bonequinha de Luxo, o conto que deu origem ao filme foi escrito por ele.

Deixa eu comentar algo que acho extremamente importante: a edição do livro, publicado pela José Olympio – Grupo Editorial Record – está impecavel. Páginas amareladas, diagramação limpa e o material da capa é mega agradavel.

O conteúdo, é claro, é um espetáculo. Já sou fã do trabalho dele, mas os sete contos que fazem parte do livro transformam o contidiano ordinário em extraordinário. Escritos durante sua juventudo, já mostram claramente o talento que foi aprimorado ao longo dos anos.

Como sempre, Capote conseguiu me emocionar e desejar por mais a cada virada de página. Vale destacar os contos Isto é para Jamie – se você gosta de cachorros, prepare o coração! – Louise – que me incomodou um bocado, mas de uma forma boa, pois me fez analisar um montão de coisas. – e O Trânsito para o Oeste – que tem uma estrutura diferente, mas não estragarei a surpresa para vocês.

Se você não conhece o trabalho do autor, vou indicar cheia de amor no coração seus livros de contos. E este livro, por ser dos primeiros contos dele, com toda certeza já mostra para os possiveis novos leitores o que ele tem para oferecer. Como David Ebershoff, da Random House escreveu sobre o autor, estes primeiros contos “Mostram-nos o gênio antes do pleno florescimento.”

XoXo

[RESENHA] AS APARÊNCIAS ENGANAM, LIANA CUPINI E JANAINA RICO

11825667_869308456480953_1062216991950597970_n

 

Ano: 2015
Páginas: 144
Língua: Português
Editora: Qualis
Preço Médio: 25,00

Sinopse: Luiza era uma loira sensual, bem resolvida e determinada, enquanto Isabel era uma morena pacata, que sonhava em ser dona de casa e ter filhos.
Luiza se dedicava ao seu trabalho e era muito ambiciosa, já Isabel só pensava em agradar seu noivo e planejava uma família.
O destino as uniu e agora elas vão perceber que a felicidade pode morar ao lado. Será que a grama do vizinho é realmente mais verde? Será que uma mudança radical poderá consertar todos os erros do passado?
Se a vida te oferecesse a chance de mudar, você aceitaria? Essas duas amigas toparam, e em uma nova cidade, terão a chance de recomeçar! Um livro sensível, sobre as dores e as alegrias de ser mulher.

Oi gente, tudo bem?

Hoje eu quero falar de um livro chick-lit bem legal chamado “As Aparências Enganam” . Ele foi escrito a quatro mãos pela Liana Cupini e a Janaína Rico  e foi publicado pela Qualis Editora. Bem, sabe aquele ditado que diz que a grama do vizinho sempre é mais verde que a nossa? Pronto, super pensei nisso enquanto lia o livro.

Nele conhecemos a história de Luiza e Isabel, amigas de infância que não se viam à anos, em capítulos alternados. Isabel é uma morena tranquila, professora, que está em um relacionamento de alguns longos anos e só pensa em criar uma família e agradar ao futuro marido. Já Luiza é loira, contadora, ambiciosa e , diferente de Isabel, nunca se prende em um relacionamentos.

No começo do livro, acontecem coisas importantes, que começam a fazer nossas personagens principais mudarem. O caso de Isabel (ou Bebel) é o seguinte: ao chegar em casa,ela encontra uma faixa, dizendo que ela foi traída pelo seu noivo, Johnson. Quando ela vai questionar à recentes. Descobre que é  verdade, e pior: não é apenas com uma mulher. Ele alega que faz isso por ela ser ruim de cama. Revoltada com isso ela resolve sair de casa e sem pensar duas vezes, vai parar no aeroporto pegar o primeiro vôo disponível.

Já no caso de Luiza foi totalmente diferente: numa festa da empresa, depois de umas e outras, ela acaba beijando e transando com o chefe, que não a deixa em paz. Então surge a oportunidade de um curso em São Paulo, onde ela poderá finalmente fugir do assédio de seu chefe.

É surpreendente quando as duas se encontram no mesmos vôo disponível saindo de Brasília para São Paulo. Bebel sem destino, fugindo da vergonha da traição, e Luiza, tentando uma vida nova. Então Luiza, por ter planejado a viagem, já tem um apartamento para ficar, e convida Bebel para morar com ela.

Logo quando chegam na cidade, Luiza decide comemorar a chance de uma vida nova das duas e convence Bebel a sair para beber. Acontece que Luiza é confundida duas vezes com uma prostituta, pelo seu jeito de agir e vestir, e por ser uma loira fatal. Revoltada com isso, Luiza vai pra uma farmácia e compra tinta preta no cabelo e resolve trocar o guarda-roupa, tentando ser mais séria. E quem ela pensa para ajudá-la a ser assim? Bebel.

Então no shopping, enquanto ajuda a amiga, Bebel percebe que é invisível e, cansada, vai ao salão e dá uma repaginada. Resolve adotar o antigo look da amiga ex-loira,incluindo um mega hair, passando assim a ser o centro das atenções, passando assim a ser algo diferente para as duas.

Então surge Marco Antônio, vizinho das duas, e algo estranho acontece: ele não nota Luli, e se encanta com Bebel. Quando a chama para sair, Luiza ajuda a amiga a se dar bem com o gato e aceita por ela. E os três acabam saindo para jantar e muitas coisas vão acontecendo ao longo do caminho das duas em São Paulo.

Com bastantes reviravoltas, o livro acaba sendo divertido e bem realista (e me lembrando uma das minhas autoras favoritas, Marian Keyes)  contando os passos de duas mulheres tão diferentes e iguais. Acaba sendo impossível não se emocionar e se identificar com as duas, principalmente se você está passando por mudanças recentes.

Exposição Internacional ‘Dragões’ faz temporada no Riomar Recife

IMG_6384

Mostra internacional inédita em Pernambuco reúne dez tipos de dragões animatrônicos gigantes

Fiquei bem animada quando soube da nova atação do shopping Rio Mar, que por sinal é como minha segunda casa! hahaha. Quem me acompanha no snap bem sabe! Bem, seguem algumas infos oficiais sobre a exposição:

Seres gigantes, famosos por cuspirem fogo e voarem em alta velocidade vão invadir o Riomar Recife. A partir do dia 19 de Maio o centro de compras irá reviver o mito e desvendar os mistérios dessas grandes criaturas com a exposição ‘Dragões’. O público será transportado ao mundo da fantasia com a mostra internacional, que chega à Pernambuco pela primeira vez.

Serão dez dragões robotizados montados em uma área especialmente preparada no Espaço Gourmet, o maior deles chega a medir cinco metros de altura e nove de comprimento. Eles emitem sons que são sincronizados com a boca e contam com movimentos de tórax que simulam a respiração, além de movimento da cauda, asas, membros superiores e inferiores, sendo que alguns soltam fumaça pela boca.

IMG_9276

Presentes em filmes, livros e seriados de TV, os dragões despertam a curiosidade de adultos e crianças. Sucesso nas telonas com ‘Coração de um Dragão’ e com a animação ‘Como Treinar o Seu Dragão’, o tema está em alta em uma das séries de maior sucesso mundial do momento: em Game Of Thrones, onde os dragões são sinônimos de poder.

Figuras da mitologia dos mais diversos povos e civilizações, os dragões assumem funções e simbologia diferentes. Há culturas que os definem como fontes sobrenaturais de sabedoria e força, outras simplesmente como feras destruidoras. “Um dos símbolos mais multifacetados representado ao longo de toda a história da humanidade, e o animal mais completo criado pela imaginação humana, os dragões são seres fantásticos, que possuem algo de misterioso e exaltam a nossa fantasia”, destaca Leonardo Guelman, produtor responsável pela mostra.

IMG_9287

Serviço – Exposição ‘Dragões’

Diariamente, a partir de 19 de Maio – curta temporada

RioMar Shopping – Av. República do Líbano, 251, Pina, Recife – no Piso L3 (perto da praça de alimentação)

Classificação: Livre

Informações: www.riomarrecife.com.br e www.facebook.com/exposicaodragoes
Telefone: (81) 4141-1476

HORÁRIOS:
De segunda a sábado, das 14h às 21h
Domingos e feriados, das 12h às 19h

INGRESSOS:
De segunda a sexta: R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira)
Sábado, domingo e feriado: R$ 25 (meia) e R$ 50 (inteira)
*Meia-entrada válida para estudantes, professores, doadores de sangue, assinantes do Diário de Pernambuco e maiores de 60 anos.
PROMOÇÕES:
Ingresso especial para grupos de 3 a 5 pessoas (é preciso ingressar juntos na exposição)
De segunda a sexta:
• 3 pessoas: R$ 60
• 4 pessoas: R$ 80
• 5 pessoas: R$ 100
Sábado, domingo e feriado:
• 3 pessoas: R$ 75
• 4 pessoas: R$ 100
• 5 pessoas: R$ 125
Projeto Escola: R$15,00

 

#Partiu? Bora?

xoxo

Lançamentos Editora Valentina

9788558890021 Por um Triz

A escalada, incluídas todas as suas modalidades, é de longe o esporte que rendeu o maior número de livros em todo o mundo. Contam-se aos milhares os relatos publicados de viagens, expedições e escaladas avulsas, e há até prêmios específicos para este florescente gênero literário. No Brasil, a produção é ainda bem modesta, e quase toda centrada em expedições ao Everest ou a algumas poucas outras grandes montanhas geladas no exterior.

or um triz, no entanto, reúne uma impressionante coletânea de histórias vividas por um dos mais experientes escaladores do país nas suas montanhas domésticas, com belezas e dificuldades próprias que em nada ficam devendo, em termos de emoção, às vividas pelos escaladores de maciços rochosos mais famosos, embora sejam certamente diferentes em muitos aspectos. Assim, os relatos das famosas ascensões invernais aqui se veem substituídos por escaladas sob um calor debilitante, e a travessia de paredes instáveis de gelo e neve dá lugar a passagens igualmente precárias em vegetação. E há ainda, no caso do Rio de Janeiro, o maior centro de escaladas urbanas do mundo, situações tensas típicas (e, às vezes, bizarras) decorrentes de encontros na mata ou no acesso a elas com bandos de traficantes ou outros tipos portando uma arma em suas mãos.

É um livro, portanto, que deve agradar tanto a praticantes dedicados, que se identificarão com as situações nele descritas, quanto a leigos, que terão a chance de conhecer as peculiaridades de um esporte fascinante, que cresceu muito no Brasil nas últimas duas décadas.

QuandoFinalmente

Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, sendo o filho mais novo do diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e jovens? Nosso pequeno herói não conhece outra realidade – e até gosta muito da que conhece. O pai dirige uma instituição com mais de 1.200 pacientes, ausenta-se dentro da própria casa quando se senta em sua poltrona para ler. A mãe organiza o dia a dia, mas se queixa de seu papel. Os irmãos se dedicam com afinco a seus hobbies, mas para ele só reservam maldades. E ele próprio tem dificuldade com as letras e sempre é tomado por uma grande ira. Sente-se feliz quando cavalga pelo terreno da instituição sobre os ombros de um interno gigantesco, tocador de sinos.

Joachim Meyerhoff narra com afeto e graça a vida de uma família extraordinária em um lugar igualmente extraordinário. E a de um pai que, na teoria, é brilhante, mas falha na prática. Afinal, quem mais conseguiria, depois de se propor a intensificar a prática de exercícios físicos ao completar 40 anos, distender um ligamento e nunca mais tornar a calçar o caro par de tênis? Ou então, em meio à calmaria, ver-se em perigo no mar e ainda por cima derrubar o filho na água? O núcleo incandescente do romance é composto pela morte, pela perda do que já não pode ser recuperado, pela saudade que fica – e pela lembrança que, por sorte, produz histórias inconcebivelmente plenas, vivas e engraçadas.

xoxo